• Kamila Fortunato

REFERÊNCIAS: Como coletar, filtrar e identificar

First things first: Não tenha medo de ter referências! Procurar referências é o passo inicial de qualquer processo criativo.

Ter referências não é copiar.

As referências são importantes para direcionar e trabalhar o seu estilo. Escolha um lugar para guardar as suas imagens de referências e entenda como seguir nesse processo.

COMO COLETAR

Encontre e salve em uma pasta todo tipo de imagens de estéticas que te atraem em:

- Blogs e Revistas On-Line

- Sites de Street Style

- Revistas e Livros impressos

- Filmes e séries

- Pinterest

- Lojas online, look-books e catálogos de marcas


O objetivo é terminar com uma variedade de imagens.


Dica: é importante você colocar uma nota na imagem informando do que você gostou nela, por exemplo: se foi a cor, se foi a silhueta, se foram os materiais, se foi a produção, se foi um elemento individual (bolsa, sapato, etc), ou se foi o look completo.


COMO FILTRAR

É normal depois de coletar diversas imagens, você notar que algumas coisas você não amou tanto, essas podem ser apagadas. Em sua pesquisa você vai notar que aquilo que te atrai se torna específico, te apontando para a definição do seu estilo. Deixe apenas as imagens que você amou

Procure por itens que usaria na vida real. As vezes acontece de nos inspirarmos muito em uma vida que não é nossa, por exemplo: roupas de alta-costura, looks de red carpete, looks de neve quando moramos em um país tropical... e por aí vai. Cuidado com essas referências pois elas podem te mostrar um padrão irreal, e você sempre vai achar que não está boa o suficiente.

Isso não significa que você deve ignorar essas imagens, mas tenha em mente o que nelas você amou e como usaria na sua vida. Anote isso junto a imagem.


COMO IDENTIFICAR

Agora com as imagens salvas em um único local e devidamente filtradas, fica mais fácil encontrar padrões.

Avalie cada uma de suas imagens e descreva as suas preferências por categoria:

-COR

descreva as cores que mais se repetem, exemplo: tons neutros, cores fortes, dourado etc

-SILHUETA

descreva o tipo de composição que mais se repetem, exemplo: vestidos justos, terno, calça jeans e camiseta, etc

- MATERIAIS

descreva os tecidos que mais se repetem, exemplo: alfaiataria, veludo, bordado, rendas, lãs etc

- ITENS INDIVIDUAIS

descreva os itens que mais se repetem, exemplo: botas, jaquetas, blazer, jeans rasgado, camisa, blusa com babado etc

- PRODUÇÃO

descreva o styling que mas se repetem, exemplo: mix de pulseiras, pulseiras minimalistas, camadas, sobreposição, cintos, colares grandes etc

- INSPIRAÇÃO

Note nos looks se você consegue perceber esse tipo de movimento: vintage, rocker, maximalista, minimalista, Hi-Lo, etc.


Agora você já terá uma ideia de quais são as suas preferências. Seu estilo pessoal é o conjunto das suas preferências.

Com essas informações você pode começar experimentar e criar os seus próprios looks com o que você já tem no armário.




8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo